Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Biblio Tubers

Pensamos a escola como sistema aberto, capaz de refletir a sociedade e de responder aos desafios contemporâneos. Acreditamos no poder da partilha e das redes. Defendemos os recursos abertos e a biblioteca como centro de saber na escola.

Biblio Tubers

Pensamos a escola como sistema aberto, capaz de refletir a sociedade e de responder aos desafios contemporâneos. Acreditamos no poder da partilha e das redes. Defendemos os recursos abertos e a biblioteca como centro de saber na escola.

Plano de trabalho síncrono em tempo de quarentena

Proposta de organização do tempo de estudo dos alunos

Março 16, 2020

Para ajudar diretores de agrupamento, diretores de turma e professores em geral, o Biblio Tubers sugere que a organização do tempo de estudo dos alunos seja definida por Conselho de Turma, com a criação de um plano de trabalho.

Como ainda não existem orientações concretas, sugere-se a ocupação de um período do dia (manhã ou tarde) em que os professores deverão estar disponíveis para apoiar o trabalho autónomo dos alunos. Nesse sentido, entende-se que deva ser o diretor de turma a contactar os alunos/ encarregados de educação, dando-lhes conhecimento do horário e da metodologia de trabalho, que poderá ser a seguinte:

 

1. Apresentação do horário e da plataforma onde serão lançadas as atividades por, e de, cada professor

Cada escola deverá utilizar a plataforma a que os alunos já estejam habituados. Caso a escola não utilize com regularidade nenhuma plataforma, sugere-se o Edmodo, pois, para além da facilidade de criação de salas e disponibilização de conteúdos, a sua interface, à semelhança da das redes sociais, é amigável, o que facilita a sua utilização.

 

2. Lançamento das atividades na plataforma selecionada

Os professores devem tirar partido dos recursos existentes, selecionando-os com base em critérios como: fiabilidade, credibilidade, usabilidade, qualidade e disponibilidade. Nesse sentido, sugere-se a utilização dos recursos das plataformas de apoio aos manuais escolares, pois alunos e professores já estão familiarizados com elas. Na plataforma, o professor deverá então indicar qual a atividade a realizar, diariamente, a partir dos recursos online dos manuais, devendo criar um fórum de discussão para dúvidas, ou para a apresentação de trabalhos.

 

3. Abertura de uma sala de conferência

Durante o tempo estipulado no horário, o professor deve abrir uma sala virtual, colocando o link de convite na plataforma, para que todos os alunos possam aceder.

Dada a facilidade e a qualidade  de som e imagem, sugere-se o Zoom.

Desta forma, partilham-se aprendizagens, promove-se a interação e criam-se novas dinâmicas de ensino e aprendizagem.

Apresenta-se abaixo uma proposta de horário que deverá ser adequada a cada realidade:

 

horario.png

Download do horário em .pptx

No horário, está contemplada uma hora de trabalho com a biblioteca que deverá incidir em atividades de promoção da leitura e de análise dos media, no sentido de promover multiliteracias.

A quarta-feira foi destinada à realização de um projeto interdisciplinar, pelo que os docentes deverão criar grupos de trabalho e lançar o desafio aos alunos, ou dar continuidade a projetos em curso. A título de exemplo indicam-se dois projetos:

1. Aprender nos Media | Polígrafo na Escola | Projeto sobre (des)informação online

2. Informar para conhecer | A pandemia do séc. XXI | Proposta de trabalho para DAC

1 comentário

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twitter

Facebook